segunda-feira, 25 de julho de 2016

Tá todo mundo mal - Jout Jout


Oi gente, tudo bem?

Tá uma febre livros de YouTubers, né verdade? Gente parece vírus se espalhando. Todo dia um YouTuber lança um livro, com isso surge uma polêmica; Será que eles mesmos escreveram esses livros? Não é de hoje que produtos lançados por blogueiras são vendidos por aí, como batons por exemplo, mas isso acaba sendo "aceitável" por que muitas delas falam sobre batons em seus videos e em seus blogs, então é até esperado que se venda esses produtos... mas livro?!?  Poucas blogueiras dessas que lançaram livros, algum dia indicaram um livro? Se comentaram algo sobre um livro em um ano de vídeos no YouTube foi muito, mas eu não estou na casa delas para saber se elas  estão lendo ou não, né mesmo?

Lendo sinopses de alguns livros, nada me instigava a seguir com a leitura, mas mesmo assim, fui a diante. A maioria desses livros lançados por youtubers, são essas mesmas pessoas contando suas vidas, coisas que já falaram em vídeos, e isso pra mim não faz sentido! É uma auto biografia? um resumo de todos os vídeos que foram postados no YouTube?

Mas eu sou curiosa e me aventurei a ler um livro de YouTuber, e comecei por uma que eu acompanho e particularmente me divirto  com seus vídeos, que é a Jout Jout, do canal Jout Jout Prazer.

Vamos lá!

Tá todo mundo mal: O livro da crises.

Descrição:

Do alto de seus 25 anos, Julia Tolezano, mais conhecida como Jout Jout, já passou por todo tipo de crise. De achar que seus peitos eram pequenos demais a não saber que carreira seguir. Em Tá todo mundo mal, ela reuniu as suas "melhores" angústias em textos tão divertidos e inspirados quanto os vídeos de seu canal no You Tube, "Jout Jout, Prazer".

Família, aparência, inseguranças, relacionamento amorosos, trabalho, onde morar e o que fazer com os sushis que sobraram no prato são algumas das questões que ela levanta. Além de nos identificarmos, Jout Jout sabe como nos fazer sentir melhor, pois nada como ouvir sobre crises alheias para aliviar as nossas próprias!
Foi lançado pela Companhia das Letras.

Minhas considerações: 

Ao começar a ler o livro, se torna impossível não ouvir a voz de Julia contando sua histórias, porém não vi tanta graça assim. O que vi foi uma jovem mimada, complexada, que dá uma importância monstra ao que o outros falam ou vão falar dela, que tem um diploma de jornalismo que segundo ela, só serve pra acumular poeira, que tem um namorado que é maravilhoso e que decide algumas coisas por ela, já que ela é muito indecisa, que faz análise, que viajou pra lugares interessantes, passou por crises na adolescência ( e que adolescente não passa, não é?), tem amigos legais, solta pum na frente de seu namorado e fica com vergonha... Assuntos que pra mim, não são nada demais.
Algumas pessoas vão se identificar, sim! Vão achar o máximo, sim! Mas pra mim, não foi nada de mais mesmo!!!

Algumas crises:

A Crise de quando fui uma cadeira

Que situação! No mínimo chata! Mas ela procurou, não é verdade?Sempre soube que o carinha não queria nada com nada. Será que ela tava tão acostumada a ter tudo que não aceitava essa rejeição? Não sei...

Quando cheguei na A Crise na ausência de talento pensei em desistir, porquê uma pessoa que aparentemente tem uma estrutura econômica boa, é fácil falar que "tem preguiça desse processos seletivos, que é uma gincana ridícula de adultos"... Essa pessoa com certeza não sabe o que é passar por dificuldade financeira, enfim não quero entrar nessa crise.

Essa crise me chamou a atenção, A Crise do irmão mais novo crescido
"Um dia você vira a pessoa que mais irritava você e se irrita com a pessoa que um dia você foi. Nem sei dizer exatamente onde está a crise e quantas crises são. Mas olha aí essa bagunça."
Pra mim, isso é amadurecer!

E A Crise de influenciar demais
"As pessoas querem alguém que fale o que elas já sabem, as vezes o que precisam é do respaldo de desconhecidos para poder fazer algo a respeito" Ué! é o que ela faz com o analista e com o namorado?

Enfim! Tá todo mundo mal? Não sei. Só sei que eu estou bem!

Não estou criticando a Julia, gosto muito dela até, mas esse livro em particular não foi legal de ler. Não me identifiquei, não acrescentou nada em minha vida. Passei por crises, sim ( quem nunca!) e ainda passo, pois estamos em constante evolução, só não coloco tanta energia nessas crises. O meu modo de enxerga-las é bem diferente, somos diferentes. E isso é muito bom! 

Nota 1 á 5



Você já leu esse livro? Me conta o que achou. 


Xeru!



8 comentários:

  1. Amor, você foi tão boazinha com esse comentário....

    O livro é uma b*sta!!!hahahahaha

    Serve pra usar os papeis pra remover a poeira dos móveis, mas ainda sim, um espanador faz melhor essa função... ;D

    ResponderExcluir
  2. Nunca li o livro mas também pessoalmente confesso que apesar de ver vídeos de muitas youtubers famosas não me interessaria por uma "autobiografia" visto metade delas já contarem praticamente 99% da sua vida em vídeos, mas enfim cada um com o seu ganha pão.... beijinhos


    Meu cantinho Lusitana❤Blog
    Novo post: “1 TOP 2 LOOKS!”

    “Página- FACEBOOK”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Catia! Cada um com seu ganha pão! Obrigada pela visita espero que volte sempre. Xeru!

      Excluir
  3. OI, gostei do teu ponto de vista, eu li o livro e gostei...Em algumas partes até me identifiquei... Mas vai de cada um.
    Já vi várias resenhas de pessoas que também não gostaram do livro pelo fato de quase todas as coisas escritas já estarem em vídeo.
    Beijos!! E sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Nice! Aguardando sua resenha no canal!
      Xeru!

      Excluir
  4. Quando ouvi falar sobre esse livro, já imaginei que não seria lá essas coisas. Acredito que todos os youtubers que são chamados para fazer livros deveriam se perguntar "eu realmente tenho algo a acrescentar na vida de alguém com esse livro?" ... Pq fazer por dinheiro, dá nisso.
    Adorei o post! beijooo

    http://isabellejordache.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, compartilhamos desse mesmo pensamento! E te digo uma coisa: vem mais livro de youtuber por aí!
      Volte sempre, xeru!

      Excluir